Introdução

Estamos vivendo no tempo em que a graça do Senhor tem se manifestado de forma tremenda em nossas vidas.

Porém o Espírito Santo ministrou algo em meu coração que desejo compartilhar com vocês, espero que de alguma forma o mesmo Espírito ministre o coração de vocês.

Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é o que o Senhor pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus.

Aqui neste texto o profeta mostra três pontos que devemos observar em nossa caminhada com Deus.

1 – Praticar a Justiça

Praticar a justiça é viver em retidão, viver aquilo que Deus planejou para nós, justiça aqui significa justo, próprio, adequado.

Quando estamos no ministério praticar a justiça é fazer e ser aquilo que Deus nos mandou fazer, não significa que iremos julgar as ovelhas ou os outros membros de nossa igreja.

2 – Amar a misericórdia

Exibir a qualidade de benevolência incessante que se observa em Jesus. Misericórdia é a Bondade, AMOR e GRAÇA de Deus para com o ser humano, manifestos no perdão, na proteção, no auxílio, no atendimento a súplicas, e isso temos que ter firmado em nosso coração pois iremos manifestar a misericórdia do Senhor em todo tempo.

Muitas de nossos “irmãos” vão “precisar” de muita misericórdia de nós, por isso devemos amar a misericórdia do Senhor e sempre lembrar que foi por essa misericórdia que podemos estar onde estamos.

3 – Andar humildemente com o nosso Senhor

Andar humildemente, sabendo que somos totalmente dependentes Dele e sem ele nada podemos fazer, se somos alguma cosia foi porque Ele quis.

Conclusão

Para concluir quero ler dois conselhos publicados no Livro, falando a verdade em amor de John Frame.

Valorize seu relacionamento com Cristo, com sua família e com a igreja mais do que a sua carreira. Você influenciará mais pessoas por meio de sua vida do que pela sua teologia. As deficiências em sua vida acabarão negando a influência de suas ideias, mesmo as ideias que são verdadeiras.

Cultive uma intensa vida devocional e ignore aqueles que o acusarem de uma falsa piedade. Ore sem cessar. Leia a Bíblia, não apenas como um texto acadêmico. Valorize todas as oportunidades de participar de cultos e reuniões de oração no seminário e aos domingos na igreja local. Dê atenção à sua “formação espiritual”.