Blog
A Hora é Agora
Charles Peters, Ministério das Artes

nov 4, 2016

Em ESPÍRITO e em VERDADE.

“Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.” 1 Coríntios 2:14-16

Um aspecto importante que precisamos ter em mente na nossa jornada cristã, é que existe uma chamada da parte de Deus para vivermos na dimensão do espírito. Fomos chamados para sermos “homens espirituais”, e não mais homens naturais que vivem sem discernimento das coisas espirituais, das coisas do Reino de Deus.

A verdadeira adoração não é algo natural (carnal); a verdadeira adoração é um ato espiritual. O espirito do homem conectado com Deus, que é Espírito!

Lemos no evangelho de João, capítulo 3:

“Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode VER o reino de Deus.” João 3:3

“Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode ENTRAR no reino de Deus.” João 3:5

“Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo.” João 3:7

A verdadeira adoração é o resultado na vida de uma pessoa a partir do momento em que ela nasce de novo, como “homem espiritual”. O nascer de novo me torna uma nova criatura. Uma nova espécie de homem, na imagem e semelhança de Cristo! Um cidadão dos Céus, do Reino de Deus!

“…, e o que é nascido do Espírito é espírito. João 3:6

Em um outro momento, Jesus ao conversar com a mulher samaritana, uma pessoa comum em um lugar comum, diz a ela: “Deus é Espírito”

Se Deus é Espírito, então importa que os verdadeiros adorares adorem em espírito e em verdade.

Nesta mesma conversa Jesus nos ensina que a hora chegou…não é aqui, nem ali….não é neste plano natural e físico…não é dentro das limitações humanas, geográficas ou de doutrinas religiosas…não é no passado e nem no futuro….é no presente!

Em outras palavras, Jesus está dizendo que existe um lugar reservado para os verdadeiros adoradores, onde a adoração se torna relevante, atemporal, e com significado para Deus. Este lugar é o ambiente da habitação de Deus. O seu Reino!!! Um reino espiritual.

Somos chamados para entrar no Reino de Deus. Não apenas ver de longe, mas de fato entrar. Entrar na dimensão do Espírito. O Verdadeiro adorador ele vê e entra no Reino, lugar onde está o trono de Deus o Altar da adoração.

Podemos afirmar que a verdadeira adoração só acontece, quando de fato estou dentro do Reino de Deus.

Continuação no próximo capítulo!